— Aula 006 – 06.11.2015

O que vimos no Estudo 005?

 

O que é Mediunidade? Todos são médiuns? Tipos de Mediunidade.

Medianeiro entre estes dois planos.

Incorporação – Estar tomado pelo Espírito comunicante;

Psicofonia – Fala Mediúnica;

Psicografia – É a escrita mediúnica;

Pictografia – Pintura mediúnica;

Clariaudiência – Dom de ouvir a voz dos espíritos;

Clarividência – é a visão mediúnica, quando se vê o “mundo astral”;

Vidência – Visão mediúnica com imagens que se formam mentalmente e que têm algum contexto com a realidade ou o mundo astral;

Inspiração ou irradiação – Quando sutilmente e conscientemente o médium recebe comunicações do astral;

Desdobramento ou projeção astral – Ainda conhecido como viagem astral, é o ato de sair do corpo material com seu corpo perispiritual para realizar tarefa no astral;

Psicometria – É uma leitura do registro astral e temporal que fica em cada objeto revelando seu histórico;

Xenoglossia ou Glossolalia – É o ato de falar em outras línguas;

Materialização – De pessoas ou objetos, acontece com médiuns que têm o dom de doar muito plasma de si próprio;

Telecinesia – É o dom de realizar efeitos físicos como mover objetos ou apagar luzes.

 

Mediunidade – Parte II

 

Imagem 06 - 001

As faculdades mediúnicas mais ostensivas são as de incorporação, de clarividência, de intuição e de sensitividade, que também são as de mais difícil domínio porque se não forem devidamente colocadas sob controle consciente dos seus possuidores acabarão prejudicando-os e atrapalhando os em vários aspectos de suas vidas e, mesmo, segregando-os no seio de suas famílias, sendo que muitos se tornam frequentadores de consultórios médicos (psicólogos, psiquiatras, neurologistas etc.) ou dependentes de drogas e bebidas ainda na juventude, porque se sentem diferentes das outras crianças ou dos outros jovens.

Faculdade mediúnica fora de controle em uma criança, em um jovem ou adulto torna-o infeliz, perturbado espiritualmente e desequilibrando psicologicamente, atrapalhando o desempenho no estudo e no trabalho, podendo em muitos casos levar a pessoa à perda da razão e da capacidade de separar o lado espiritual de sua vida do lado material, sendo que não são poucos os relatos na literatura espírita de pessoas que foram internadas como “loucas” ou “desajustadas”. (Saraceni/Cumino)

Mediunidade de Incorporação

 

imagem 06 - 002.jpg

Clique na imagem para assistir o vídeo

A mediunidade de incorporação é a modalidade mais comum na Umbanda. Dentro das

classificações é ainda chamada de psicofonia, a fala mediúnica.

Muito mais que a simples mecânica de transmitir mensagens dos espíritos por nosso aparelho vocal, existe toda uma caracterização no médium incorporado por uma entidade na Umbanda, pois eles trazem todo um conjunto de trejeitos que identifica a qual linha pertencem (preto-velho, caboclo, baiano…) e qual o tipo de trabalho que realizam. (Cumino)

Imagem 06 - 003

Mediunidade Consciente

 

O Guia espiritual se liga a mente do Médium obtendo e enviando ondas em forma de pensamentos.

O espírito utiliza todos os recursos mediúnicos que o medianeiro possui, seja a vidência, a intuição, sensibilidade etc.

O Médium vê e escuta as consultas e lembrará do que aconteceu ainda que de forma desorganizada de fatos e horários, o que foi primeiro ou depois. Ele também é capaz de sentir todo movimento corporal desde a forma de andar até a forma como os mentores utilizam o canal vocal.

Observação: Os Espíritos buscam em nossa mente todo conteúdo que seja de valia para o uso no trabalho, por isso a importância do conhecimento, do estudo sobre tudo aquilo que intuitivamente lhe der vontade de descobrir.

Imagem 06 - 004

 

Mediunidade Semi-Consciente

O Guia espiritual se liga a mente do Médium e ao perispírito, obtendo e enviando ondas em forma de pensamentos.

Em suma, o médium parece entrar em um profundo estado de sono sem saber exatamente o que aconteceu, o que está acontecendo ou/e o que vai acontecer.

Ele pode perder momentaneamente alguns sentidos. Pode ver o consulente mas nem sempre ouvir, ou vice-versa. Pode sentir somente alguma parte do corpo, não sentir o chão, os movimentos etc.

Observação: Os Espíritos buscam em nossa mente todo conteúdo que seja de valia para o uso no trabalho, por isso a importância do conhecimento, do estudo sobre tudo aquilo que intuitivamente lhe der vontade de descobrir.

Imagem 06 - 005

 

Mediunidade Inconsciente

 

A ligação entre guia espiritual e Médium acontece por inteiro, uma vez que o medianeiro é levado a desdobramento e o espírito age em todos os sentidos do corpo físico.

O médium em alguns situações tem a impressão que está se desligando da carne, como se estivesse sumindo mas neste caso é apenas o afastamento do espírito do médium que continua ligado pelo cordão de prata (Elo de ligação Corpo/Espírito, se rompe com a morte física)

Há casos em que o médium não se recorda de absolutamente nada, há outros em que os guias espirituais passam algumas informações, e também pode acontecer de uma vaga lembrança ocorrer minutos, horas, dias depois da incorporação inconsciente.

Observação: Os Espíritos buscam em nossa mente todo conteúdo que seja de valia para o uso no trabalho, por isso a importância do conhecimento, do estudo sobre tudo aquilo que intuitivamente lhe der vontade de descobrir.

Imagem 06 - 006

Mas afinal, quem é o responsável?

 

Os Espíritos buscam em nossa mente todo conteúdo que seja de valia para o uso no trabalho, por isso a importância do conhecimento, do estudo sobre tudo aquilo que intuitivamente lhe der vontade de descobrir.

 

A Umbanda é amor, a Umbanda é caridade, portanto tudo o que foge a estes fundamentos, não é Umbanda.

Um guia espiritual que trabalha para o bem, constrange quem quer que seja?

Falta com respeito? Usa palavras baixas ou vibra negativamente por alguém? Deseja o mal ?

Os guias espirituais utilizam nossa mente assim como a nossa mente se utiliza do Astral. Dependendo de nossa vibração, podemos atrair guias de luz mas também podemos atrair guias das sombras.

#Vamospensarnisso

O Médium e seu Templo possuem uma grande responsabilidade na vida daqueles que buscam ajuda assim como médiuns possuem grande importância na vida uns dos outros.

Analisar as atitudes, as falas, os gestos é importante para nosso aprendizado.

Lembrar que nenhum médium é perfeito portanto sempre teremos um dia em que a mente pode não estar legal e é neste momento que devemos nos atentar e pedir ajuda.

Imagem 06 - 007

 

Incorpore Valores

 

O que a gente precisa aprender é: não incorpore apenas o Caboclo, não incorpore apenas o Preto Velho. Incorpore os valores do Caboclo. Incorpore os valores, o conhecimento, a sabedoria do Preto Velho. Incorpore o amor. Incorpore a inocência da criança perdida por você. Incorpore a força, a energia, o vigor de Exu. Incorpore o estímulo de Pombagira.

Esta é uma das belezas, das riquezas e ao que torna a Umbanda uma religião realmente incrível, fantástica e a incorporação é um fenômeno místico, lindo. (Cumino)    

    

 

Anúncios